WhatsApp

Case - Aeroporto


Ciaclean: Case - Aeroporto
Por: Ciaclean
Data: 11/11/2019

Foi realizado no período de dezembro de 2018 a setembro de 2019, a limpeza Pós-Obras dos projetos de ampliação do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, RS, administrado pela Alemã Fraport. A gestão das obras ficou a cargo do Consórcio HTBM, das construtoras HTB (São Paulo), TEDESCO (Rio Grande do Sul) e Barbosa Mello (Minas Gerais), empresas com atuação consolidada em todo o Brasil em construções nos segmentos de infraestrutura, industrial e de edificação. Neste sentido, demandou-se a terceirização de equipe de aproximadamente 100 (cem) colaboradores, divididos em 03 empresas do mesmo segmento ou similar. Os chefes de equipes eram Engenheiros, que contavam com a colaboração de um efetivo contabilizado em cerca de 500 (quinhentos) Técnicos de Segurança no Trabalho, mestres de obra, assistentes, entre outros profissionais. Cabe salientar, todas as atividades de burocracia, com entrega de documentação que exigiam todas as certidões negativas dos profissionais, registro de funcionários, habilitações, etc. Treinamentos diversos foram executados, incluindo NR-12 (utilização de equipamentos), NR-18 (construções), NR-35, capacitações aplicadas pela Fraport, entre outras. Haviam credenciais solicitadas em todas etapas e localidades, com a segurança sendo zelada sempre em primeiro lugar. Sendo assim, diversos equipamentos foram utilizados nos serviços, lanças articuladas e plataformas para trabalho em altura, andaimes, lavadoras de piso, aspiradores industriais, entre outros, além dos equipamentos de proteção completos e impecáveis. Serviços 24 horas, noturno e diurno, eram demandados nos ápices das entregas das áreas do novo complexo construído. As equipes de limpeza não podiam parar e eram de fundamental importância no processo de acabamentos. Concluindo esta postagem, podemos afirmar que foi desenvolvido o projeto e já feita a inauguração do novo terminal do Aeroporto de Porto Alegre, trazendo diversos benefícios à população e para o Estado: a capacidade de operação foi praticamente duplicada. Um viva à administração eficiente!

Baixe nosso app